Cha de moringa - Cuidados na gestacao

MORINGA NA GESTAÇÃO

 

Cha de moringa - Cuidados na gestacao

https://www.dicasdajapa.com.br/wp-content/uploads/2014/12/Guia-de-gesta%C3%A7%C3%A3o-semana-a-semana-31-e-32-semana-mamae.jpg?x98110

Muito se fala em Moringa Oleífera. Este é um suplemento natural que, ao contrário do que muita gente pensa, também tem contraindicações. Enquanto há uma ampla nutrição pela planta, é importante também prestar atenção em pontos específicos para as mulheres em período de gravidez.

 

Uma espécie de medicamento para a perda de peso, em virtude de seus elementos laxativos e diuréticos, a Moringa é fonte de nutrição e não tem gordura em seus compostos. Ou seja, há a possibilidade da redução de consumo de alimentações específicas, a partir de uma suplementação da Moringa, sem que se perca a sua taxa de nutrientes.

 

Ainda que se produza uma sensação de satisfação do apetite, fazendo com que você coma menos, existem alguns efeitos que podem ser desagradáveis para determinadas pessoas – ou até mesmo prejudicial.

Todos podem consumir a Moringa?

moringa na gestacao

Não. Lê-se muito que a Moringa não tem contraindicação e que todos podem utilizar o suplemento sem medo. Mas a verdade é que as grávidas não devem, de maneira alguma, utilizar essa planta, enquanto estiver em gestação.

 

Isso porque a moringa possui grandes níveis da vitamina A, que, ao ser consumida excessivamente, pode acabar com o procedimento da divisão de células, podendo ser prejudicial ao crescimento do bebê.

 

A utilização controlada por um especialista, em quantitativos mínimos pode trazer algum tipo de benefício para a mulher, dependendo também do seu organismo e questões alheias.

 

Mas o consumo, por conta própria, e em excesso, pode ser extremamente nocivo ao público feminino em período de gestação.

 

Outro público que não está a salvo ao consumir a Moringa, são os hipoglicêmicos. Ainda que traga ótimos resultados para os diabéticos, aos hipoglicêmicos ocorre uma funcionalidade contraditória.

 

A Moringa pode promover a redução dos níveis de glicose de maneira drástica, causando desmaios e, até mesmo, provocar o coma do usuário.

Quais seriam os pontos negativos da Moringa?

Não há exatamente uma questão negativa a ser mencionada pela planta, que tem, de fato, muitos benefícios. O problema é que, assim como em qualquer situação de medicamentos, aquilo que é consumido em excesso, faz mal.

 

É preciso respeitar a quantidade diária recomendada. Se você ultrapassar esse limite, é claro que encontrará problemas – e gravíssimos.

 

Em excesso, é bem provável que você sinta os seguintes problemas:

Acidez

Um dos motivos pelos quais ocorre a recomendação da Moringa ser consumida anteriormente ou posteriormente às refeições diárias, é que ela causa a acidez. Portanto, se você consumir o produto com o estômago vazio, provavelmente sentirá desconfortos.

Diarreia

Ainda que o efeito laxativo tenha bons resultados em relação a limpeza de toxinas no organismo, e ainda viabilizando um peso menor na balança, o excesso da Moringa causa diarreia. A planta é dotada de fibras e, portanto, o consumo excessivo trará esse tipo de consequência.

Insônia

Durante o dia, as propriedades da Moringa fazem muito bem ao organismo, que fica mais energizado. Mas em oposição, consumir antes de dormir pode realmente tirar o seu sono. Por isso, é importante que este último consumo diário seja em até 4h antes de ir dormir.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *