mother and baby toddler on reception at the child pediatrician

Qual a importância do dentista para o seu bebê?

Quando os pais estão esperando um bebê, as preocupações em relação à saúde são muitas, mesmo desde antes dele nascer. Para que tudo ocorra conforme o esperado, são realizados diversos exames e consultas.

Até a saúde da mãe deve estar em dia. Por conta disso, o pré-natal odontológico é solicitado para que o acompanhamento seja feito, garantindo que a mãe não tenha doenças odontológicas que podem causar até mesmo o parto prematuro.

Isso mostra como é importante manter os cuidados constantes para garantir que tudo ocorra conforme o esperado, sem maiores complicações. 

Desde o momento que o bebê nasce, as preocupações são várias para os pais. Por conta disso, ter o auxílio de um profissional nesses momentos pode ser essencial.

Primeiros cuidados com a saúde bucal do bebê

Caso a mãe tenha seguido todo o acompanhamento pré-natal na clínica odontológica, as chances do profissional ter auxiliado em relação aos primeiros cuidados em relação à saúde bucal do bebê são grandes.

Esse é um dos benefícios de realizar visitas constantes à clínica odontológica, pois é uma maneira de garantir que todos os cuidados necessários serão tomados. 

Da mesma forma, o profissional da clínica de odontologia pode auxiliar sobre questões como os malefícios da chupeta e quando deve ser realizada a primeira consulta.

É muito importante que seja feita uma higienização da boca do bebê desde os primeiros meses de vida. Isso por conta do acúmulo de leite que se forma, que contém açúcares, tanto o materno, como o de fórmula.

O ideal é que a higienização seja feita pelo menos duas vezes por dia, evitando que o bebê durma com o acúmulo de leite na boca. O processo é simples: enrolar uma fralda umedecida no dedo indicador e passar delicadamente na parte interna da bochecha, gengiva e língua da criança.

Primeira ida ao odontopediatra

Essa especialização não é tão divulgada quanto outras, mas existe um dentista especializado na saúde bucal dos bebês e crianças.

Contar com um odontopediatra, facilmente encontrado no plano odontológico infantil, pode ser um grande alívio para os pais. Isso porque o profissional da clínica odontológica está acostumado com os desconfortos das crianças, o que deixa todo o processo mais fácil.

O aconselhado pelos profissionais da clínica odontológica é que a primeira consulta do bebê seja realizada quando os primeiros dentinhos começarem a nascer, o que deve ocorrer entre os cinco e oito meses.

Caso seja necessário procurar por um odontopediatra, é possível encontrar através da internet. Isso porque, cada vez mais, os profissionais têm investido no marketing na odontologia, para que sejam encontrados de maneira mais fácil.

Nessa primeira consulta, além de avaliar questões sobre a higienização bucal da criança, também é feito uma avaliação a respeito da formação dos ossos da boca, para garantir que tudo esteja saudável.

Além disso, o profissional da clínica odontológica pode dar dicas aos pais em questões importantes da saúde do bebê, como a amamentação, a alimentação, a importância de uma dieta equilibrada e em relação à mastigação da criança.

Dessa forma, é possível entender a importância de levar a criança desde cedo ao dentista infantil, como uma maneira de garantir que problemas mais sérios, como cáries e lesões, não ocorram.

Acostumar a criança a ir desde cedo ao dentista é essencial para que ela não cresça com medo do profissional, assim como entenda a importância de realizar todas as higienizações bucais, principalmente pela confiança que vai adquirir, com o tempo, com o profissional.

Por mais importante que seja as idas à clínica odontológica, os pais devem garantir que todos os cuidados serão continuados em casa, pois o momento em que as higienizações são realizadas.

Quando é a criança é pequena e os pais que realizam as escovações, esse processo pode ser muito mais fácil, principalmente se ela já está acostumada. Entretanto, quando começam a escovar os dentes sozinhos, pode ser complicado fazer o filho entender a importância da higienização e, por esse motivo, é essencial que os pais acompanhem esse processo, para garantir que tudo está sendo feito da maneira correta.

Problemas bucais mais comuns

Alguns problemas com a saúde bucal da criança podem aparecer, mais cedo ou mais tarde, principalmente quando os cuidados não são realizados da maneira que deveria.

Por conta disso, é essencial que os pais se atentem a qualquer indício de algum problema odontológico, indo à clínica odontológica assim que necessário.

O ideal é que, após a primeira consulta, a periodicidade seja de pelo menos uma vez a cada seis meses, assim como os adultos. Como as crianças estão em fase de crescimento e as mudanças que ocorrem são diversas, essa é uma maneira de garantir que todos os cuidados serão tomados.

Entre os problemas que mais atingem as crianças estão:

  • cáries: muito comum durante a infância por conta da alta ingestão de açúcares. Muitos pais acreditam que não há problemas por ocorrer no dente de leite, entretanto, a cárie pode atingir o germe dentário, o que faz com que o dente que nascerá, pode ter alterações em sua forma e estrutura;
  • fluorose: causado pela alta ingestão de flúor durante a infância, é uma condição que segue até o fim da vida. São manchas esbranquiçadas ou amarronzadas que ficam nos dentes. Apesar de não apresentarem alterações estruturais e nem deixarem os dentes mais fracos, podem ser um problema pela questão estética;
  • ortodôntico: muitos problemas ortodônticos podem ser evitados, caso o dentista infantil seja visitado desde o início. Esse problema é muito comum entre crianças, principalmente aquelas que ficaram muito tempo usando chupeta. Caso necessário, o odontopediatra pode encaminhar a um especialista.

Como podemos observar, as vantagens de levar os bebês ao dentista ainda pequenos, assim como realizar as consultas regulares à clínica odontológica são maiores que as desvantagens.

Com todos esses cuidados, é possível garantir que o seu filho terá uma boca saudável, livre de dores, de desconfortos e de doenças por grande parte da sua vida, inclusive diminuindo as chances de outros problemas o atingir na fase adulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *