Ola queridos,

Óleo de coco na cozinha: quais os benefícios?

Óleo de coco na cozinha: quais os benefícios?

Fonte: Flickr


Muito se ouve falar hoje do óleo de coco,
que alcançou o status de queridinho por ser associado a perda de peso,
prevenção de doenças (como Alzheimer e diabetes) e por fazer bem para o coração
e tireoide. Como se não bastasse todos esses benefícios, ele ainda serve como um
ótimo produto de beleza, tendo efeitos como hidratante de pele e cabelos, ou
seja, tudo de bom!

O consumo do óleo de coco aumentou
consideravelmente nos últimos tempos e é um item que não pode faltar na sua lista
de compras. Além de ser um ótimo substituto para os
óleos tradicionais na cozinha, por ser mais
saudável, ele também é versátil. Pode ser consumido em cápsula, adicionado em
saladas e utilizado para cozinhar – desde fritar um bife a fazer um purê –
e é também muito usado em receitas fit. Você pode usar óleo de coco na
preparação de um bolo de
cenoura fofinho
, uma granola e
outros docinhos.

Gordura boa: perda de peso com óleo de coco
O óleo de coco é uma gordura formada em
grande parte por triglicérides de cadeia média e o corpo lida com esse tipo de
estrutura de forma diferente de como processa os de cadeia longa, presentes em
outros óleos que usamos na cozinha, carnes gordas e produtos à base de leite.
 
Mas o que isso significa? Pense em uma
corrente, quanto mais comprida ela for, mais elos terá para serem desfeitos.
Neste caso, cada elo quebrado fornece energia para o corpo, assim, quanto mais
elos, mais energia (ou calorias) será liberada e de forma mais lenta. E já
sabemos o que acontece quando há energia sobrando, certo? Vira estoque, ou
seja, aquelas gordurinhas indesejadas!
Óleo de coco na cozinha: quais os benefícios?
Fonte: Flickr
E agora você pergunta: “Para onde vão as
calorias liberadas pelo óleo de coco?” e a resposta é: para o fígado! Sim, esse
tipo de gordura é metabolizada pelo fígado, que usa toda a energia liberada
para ele e não, não sobra para estocar!
Resumindo: o óleo de coco é facilmente
absorvido pelo fígado e consumido mais rapidamente, o que promove um aumento do
metabolismo, que por sua vez aumenta a taxa de gasto de energia e pode
colaborar para o emagrecimento. Claro que sozinho o óleo de coco não faz
milagres, ele deve ser associado a uma dieta balanceada e exercícios, mas é um
grande aliado. E também confere uma sensação de saciedade, pois como produz
energia mais rapidamente, o organismo entende que você já está satisfeito e
pode parar de comer, fazendo com que sinta menos fome na próxima refeição!
Benefícios para
a saúde
Outro benefício para a saúde é que o óleo
de coco ajuda na prevenção da diabetes, doenças cardiovasculares e hipertensão.
Ajuda que os níveis de colesterol bom, o HDL, aumentem, diferentemente de
outros produtos com base gordurosa. E esse HDL ajuda a remover o colesterol
”ruim” do corpo, responsável por formar placas que entopem as artérias, o que
pode causar derrames.
Além disso, estudos mostram que esse tipo
de gordura presente no óleo de coco pode ser convertido em cetona, que é
utilizada como uma fonte significativa de energia pelo cérebro e pode ter
efeitos em pessoas que sofrem de perda de memória e doenças relacionadas, como
Alzheimer.
Como usar o
óleo de coco na cozinha
Com tanta coisa boa, você deve estar
empolgado para adotar o óleo de coco em sua rotina diária, mas fique atento, pois
ele deve ser consumido de maneira equilibrada. A quantidade
indicada é de 3 colheres de sopa por dia. Então basta incluir uma em suas
principais refeições que já poderá usufruir de seus benefícios.
Não
precisa ingerir ele puro – o óleo de coco pode ser usado para cozinhar os
alimentos. Ao invés do tradicional fio de azeite, que tal uma colher de sopa desse
óleo? Ele também é ótimo para refogar cebola e alho para o preparo tanto de
carne de vaca, como de frango e porco. Você ainda pode incluí-lo no preparo de
diversas receitas, usando-o para substituir a manteiga quando quiser fazer um
bolo de cenoura fofinho ou até uma mandioquinha!
Óleo de coco na cozinha: quais os benefícios?
Fonte:Flickr
O
óleo de coco também vai bem em um batido de vitaminas, serve para aromatizar o seu
café e para substituir a manteiga em receitas de bolos – troque aquela meia
xícara ou 100g de manteiga por uma colher de sopa de óleo de coco. Também pode
passá-lo na torrada, já que tem uma consistência dura na temperatura ambiente
(quando está muito quente ele liquidifica).
Não se esqueça de escolher sempre o óleo
de coco extra virgem, pois ele é o mais puro possível!
Essa opção é extraída a frio, sem utilização de substâncias químicas para
conservar e mudar sua aparência, que clareiam ou tiram o sabor. Assim ele mantém
sua aparência original de parafina, esbranquiçado e com um cheirinho delicioso
de coco, mas sem ser doce.
Esse texto foi produzido por Joana Teixeira da empresa Mavens.
Espero que gostem e deixe seus comentários.

13 thoughts on “Óleo de coco na cozinha: quais os benefícios?

  1. Durante o período de festas e férias é comum escapar da alimentação saudável e também consumir mais bebidas alcoólicas. Esses hábitos influenciam na saúde, e baixam a imunidade, deixando o corpo mais sensível e susceptível a adoecer. Quando pensamos em aumentar a imunidade de forma natural logo vem à mente consumir alimentos como alho, mel, limão. Mas você já pensou em usar óleo de coco? Saiba mais informações aqui no nosso blog: https://goo.gl/qyhMjj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *