Você sabia que crianças que usam aparelho têm maiores chances de reverter casos de má oclusão graves, como mordida cruzada e sobremordida? O motivo disso é porque a intervenção é realizada junto com o desenvolvimento do maxilar. Esse fato faz com que a ortodontia infantil seja considerada uma das mais importantes.

O tratamento em uma criança não começa quando os dentes tortos são notados. Após a primeira troca de dentição [queda de dentes], deverá ser feita uma visita no ortodontista para uma análise, que levará em conta hábitos, estrutura óssea, mordida cruzada, diastemas, mordida em topo e cáries. A partir do que for encontrado, o profissional usa a circunstância de que os ossos da face não foram calcificados para iniciar a intervenção.

Mas afinal, a partir de qual idade uma criança pode usar aparelho ortodôntico? Entenda agora.

H2 Quando uma criança pode colocar aparelho?

Não existe idade exata para início de um tratamento com aparelho ortodôntico. O que define, na verdade, é a gravidade da má oclusão. Alguns problemas podem afetar negativamente para sempre a vida do paciente e precisam ser corrigidos o quanto antes. Aos seis anos de idade, já é possível instalar o aparelho fixo.

Usar aparelho na infância corrige hábitos de sucção, ajuda a mastigar e respirar corretamente e guia os dentes permanentes a para nascerem alinhados.

H2 Qual é o melhor aparelho ortodôntico para crianças?

Ortodontistas são os únicos profissionais que podem indicar o tratamento ideal para cada criança. Esses especialistas levarão em conta o tipo de má oclusão e idade para entender qual é a melhor forma de proceder.

Em geral, se os ossos da face já estiverem calcificados ou se já tiver ocorrido o nascimento dos dentes permanentes, o mais comum é o uso do aparelho fixo. Caso não, é possível usar o aparelho móvel.  Apesar de parecer melhor, o móvel depende de muita atenção dos responsáveis, pois pode ser retirado o tempo inteiro.

Por conta do bullying que, infelizmente, é comum em escolas, sempre serão procuradas as opções mais discretas e confortáveis. Um dos favoritos da ortodontia infantil, quando se fala de casos complexos, é o Aparelho Autoligado, devido a quantidade de benefícios oferecidos. É mais rápido, confortável, discreto e exige um número menor de consultas, tornando um momento delicado na vida do menino ou menina muito mais tranquilo.

H3 O funcionamento do Aparelho de sistema autoligavel

O aparelho autoligado não possui ligaduras elásticas (borrachinhas) e tem um fio termoativado, que por ser aquecido constantemente pela temperatura natural da boca, fica ativos por mais tempo. Essas características fazem com que o conforto seja grande, principalmente por conta da diminuição da resistência dentária e atrito, e que o tratamento seja mais rápido.

O tempo de entrega de resultados impressionantes tem média de 18 meses, enquanto isso, nos aparelhos convencionais as diferenças só aparecem com 30 meses.

O número de consultas é reduzido em 40%, o que não afeta a rotina escolar e atividades extracurriculares dos pequenos.  Por ser fase de crescimento e verduras, legumes e carnes magras serem importantes, os pais e responsáveis podem ficar despreocupados, porque a alimentação também não será prejudicada.

Você ainda tem dúvidas do custo-benefício? Bom, todas essas vantagens têm valores pouco diferentes dos aparelhos convencionais. Portanto, não se preocupe, porque você não gastará muito mais proporcionando um tratamento mais confortável para quem ama.

H3 Como é feito o tratamento em crianças?

Os tratamentos com aparelho autoligado em crianças são divididos em três fases. Na interceptiva, acontece a correção de desequilíbrios dos ossos da face, posições dos dentes e músculos em desenvolvimento, além de controle de hábitos prejudiciais (chupar dedo e roer unha) e avaliação de respiração. Na corretiva, os dentes são alinhados. Já na de contenção, como é a fase de finalização da intervenção, o paciente usará aparelhos móveis para fazer os ajustes finais.

Marque uma consulta agora

Para usufruir das vantagens do aparelho autoligado, marque o quanto antes uma consulta com um ortodontista de confiança. Hoje em dia, são poucos os que não aplicam as vantagens desse conceito da ortodontia nos consultórios. Não perca tempo, pois cada dia pode ser decisivo quando se trata em ortodontia infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *